Está, disposto, no “Artigo 5º”, da Constituição Federal do Brasil, a (INVIOLABILIDADE DO DIREITO Á VIDA), sendo que para garantir tão Sagrado Direito, o “Artigo 196” da mesma Carta Magna determina, que a SAÚDE é DIREITO DE TODOS e DEVER do ESTADO, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem á redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário ás ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

Ocorre, que no Brasil, tanto a SAÚDE PRIVADA, bem como principalmente a SAÚDE PÚBLICA, estão verdadeiramente na UTI, em explicito e total estado de COMA PROFUNDO, onde Hospitais Públicos e Privados, bem como também, Operadoras de Planos de Saúde, que de maneira absurda, gananciosa e criminosa, passam por cima de certos princípios, perdendo a TOTAL NOÇÃO DO QUE É CERTO, DO QUE É ERRADO, DO QUE É LEGAL E IMORAL, afrontando diariamente com tal atitude, o mais Sagrado Direito do Ser Humano, que é sem sombra de dúvidas, a INVIOLABILIDADE DO DIREITO Á VIDA, garantida através da PROTEÇÃO DA SAÚDE.

Posto isto, aqui no, (QUE PAIS ESTE, ONDE VIDA E SAÚDE NÃO VALE NADA), você terá acesso à (VÍDEOS) filmados diretamente no local, ou senão á (FOTOS SLIDES), mostrando a Vítima quando possível, onde uma ou mais pessoas, sofreram ou estão sofrendo “Risco de Vida e Saúde”, em flagrante afronta ao Artigo 5º, da Constituição Federal do Brasil, que garante o “Sagrado Direito” da INVIOLABILIDADE DO DIREITO Á VIDA E SAÚDE.


AMIL SAÚDE afronta direitos de Criança Especial!!!


Erro Médico - Mulheres ficam com corpos deformados após cirurgias plásticas


Criança sofre erro médico no Hospital Municipal Antônio Giglio!!!


Presidente da Andecon se algema na Amil Saúde em protesto pelo não cumprimento de Ordem Judicial que determinava a compra de medicamento importado.


Mulher aguarda 12 anos para fazer cirurgia.

Contate-nos: (11) 3476-8010