Para a ANDECON, é fundamental sua opinião sobre nossa maneira de atuar na Defesa dos Direitos do Consumidor, e também, caso já tenha tido algum problema resolvido através de nossa intervenção, direta ou indiretamente.

Portanto, agora, você poderá manifestar aqui seu depoimento sobre nossa atuação. Ou, caso já tenha tido um caso resolvido pela ANDECON, relatar aqui como foi o atendimento e qual foi o resultado obtido com a nossa intervenção, se ficou contente com a solução do problema.

Envie um e-mail com seus dados e coloque no Assunto a palavra "Depoimento", para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Meu nome é ROSELY YOLANDA PIASSA, moradora em São Paulo Capital, tive problemas com a rede de LOJAS MAGAZINE LUIZA, filial Vila formosa..

tenho, à declarar, que minha mãe comprou um fogão,e após 30 dias de atraso começaram as desculpas através de vendedores, sub gerente e principalmente o gerente SR. WILLIAN, que a principio nos parecia uma pessoa de bem e logo percebi que não o era, enganando eu e minha mãe uma sra de 75 anos.

Após várias tentativas frustradas de acordo, resolvi entrar em contato com o SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da Associação Nacional de Defesa do Consumidor (ANDECON), que após ouvir o meu relato, de imediato disse: “ irei te ajudar e este caso será resolvido”.

Confiei, nele e em (1) uma semana realmente, o caso havia sido resolvido, tal foi sua interferência no caso.

Agradeço, a atenção comigo desde o inicio de nossas conversas, onde se mostrou amigo além de tudo compreendendo toda a situação. Hoje tenho o SR.RODINEI, como um amigo.

Muito Obrigada, SR.RODINEI e continue assim sendo este ser humano incrível, onde procura ajudar as pessoas não visando lucros e sim pelo fato de cada um deva agir da melhor maneira possível, aonde a palavra vale acima de tudo. Seja sempre assim esta pessoa de caráter impecável.

Mais uma vez, muito obrigada de coração!!!

ROSELY YOLANDA PIASSA

São Paulo, 25 de Janeiro de 2012.

Olá SR. RODINEI LAFAETE,

Estou respondendo no EMAIL, que te enviei no dia 20/05/2011 a menos de dois meses.

Quero te agradecer pela força que deu a minha família, você nem imagina o poder que teve os seus E-MAILS, foi através disto que meu tio pode ter uma morte digna e a minha família não sofreu ainda mais correndo o risco do falecimento ser dentro de casa e marcar ainda mais as nossas vidas.

A morte sempre deixa, tristeza, saudade, e muitos questionamentos, mas quando temos DEUS em nossas vidas, compreendemos de uma forma diferente, pois DEUS consola as nossas angústias. No caso do meu tio, a cada dia se agravava mais, e não havia nenhuma expectativa de recuperação. Ele sofreu muito, e todos nós sofremos juntos.

Agora ele não morreu, apenas descansou. Só quero que ele fique em paz e DEUS tenha misericórdia da alma dele. Muito, obrigada pelo seu apoio, pelas suas ligações, pela sua preocupação conosco.

Se um dia, você precisar eu quero muito poder estender minhas mãos a seu favor, espero que nunca precise por um motivo como esse. Mas conte com a gente.

Que DEUS te proteja, te abençoe, não deixe nunca faltar nada para você, e principalmente que DEUS te dê saúde e muitos anos de vida para que o seu bom coração possa continuar ajudando aqueles que precisam.

Um forte abraço... Com carinho LILIAN e AMILTON.

São Paulo, 12 de Julho de 2011.

ÓTIMA ATITUDE À FAVOR DA CONSUMIDORA DA SABESP!!!

Bom dia á todos, mando esse e-mail, pois fiquei muito feliz pela atitude do LAFAETE, parabéns meu amigo, pois com essa atitude que você tem pelos consumidores deste Pais, que discrimina quem tem menos dinheiro, isso que foi feito é ser Patriota e Respeitar ás Leis. Um enorme parabéns á todos vocês da ANDECON. Que o PAI CELESTE, sempre abençoe esta Entidade e de forças para sempre poderem fazer o bem. VALEU MUITO OBRIGADO!!!

Mauricio Vargas da Silva / mvs.mauricio@gmail.com

São Paulo, 28 de Janeiro de 2010.

Meu, nome é JANIELE ALVES FRANÇA, comprei um tênis, no Shopping Metro Itaquera, só que depois de ter usado o mesmo, apenas por uma vez, o mesmo apresentou defeito, fui até a loja onde havia comprado o tênis, mas o Gerente da mesma, se recusou a trocar por outro, alias, chegou á me dizer, que eu poderia “levar quem eu quisesse lá, que ele não faria a troca”.

Mas ai, graças, à intervenção, do Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, obtive êxito na solução do referido problema, ou seja, voltei na loja acompanhada com ele, ai o Gerente fez a troca sem questionar.

Assim, agradeço de coração, ao SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por ter me ajudado, que tenha muita saúde, para continuar à defender ás pessoas, que são desrespeitadas nos seus Direitos de Consumidor, assim como eu fui, para defende-las, da mesma forma que me defendeu.

JANIELE ALVES FRANÇA

São Paulo, 12 de Janeiro de 2009.

Meu, nome é TATIANE CRISTINA NOVAES, em Setembro de 2007, fui sacar meu Abono do Pis, na Caixa Econômica Federal, quando fiquei sabendo na Agência, da Av. Senador Queiroz, no Centro de São Paulo, que eu já havia retirado a quantia referente ao meu Abono.

Fiquei, revoltada, achei um absurdo, pois não tinha tirado o ABONO DO PIS, correspondente na época ao valor de R$380,00, que era o que eu tinha direito, mas só que segundo a CAIXA, já tinham retirado este valor, para eles quem tinha sacado o Abono tinha sido eu.

Meu, marido e eu, procuramos, a ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, onde através do Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, que nos orientou e nos acompanhou pessoalmente, até a POLICIA FEDERAL, onde após ás devidas investigações, se descobriu que a pessoa que havia sacado o meu ABONO, era o VIGILANTE, que trabalhava na Agência, onde eu fui sacar o meu PIS, ou seja, gente de dentro da própria Agência.

Agora, depois de todo este constrangimento, ou seja, de terem desconfiado de mim, de acharem que fui eu que tinha sacado o PIS, e que estava querendo levar vantagem, vou entrar com um PROCESSO DE DANOS MORAIS, contra a Caixa Econômica Federal.

TATIANE CRISTINA NOVAES

São Paulo, 31 de Outubro de 2009.

Meu, nome é EVALDO JERÔNIMO NETO, minha noiva precisou de “Atendimento de Urgência”, junto ao Pronto Atendimento da SAMCIL, mas chegando no local disseram que ela não poderia ser atendida lá, e que portanto a mesma deveria se dirigir á um Pronto Socorro local, ou senão ir até um Pronto Socorro de Hospital conveniado ao plano.

Um absurdo, pois ela não estava passando bem, e se a SAMCIL, tinha naquele local um PRONTO ATENDIMENTO, ou seja, era pra atender seus conveniados, examinar, medicar, fazer uma triagem e se for o caso, encaminhar para um Hospital de referência ou à um Pronto Socorro de sua Rede Credenciada, mas nunca ficar negando o atendimento, baseando-se em normas burocráticas, afinal de contas, minha noiva estava ali, porque era associada da SAMCIL, e não estava ali discutindo a troca ou conserto de um celular de uma televisão e sim porque estava com problemas de saúde, e “Saúde não tem Preço”, pois está ligada á VIDA, nosso maior PATRIMÔNIO.

Devido, á URGÊNCIA, liguei para o celular do Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que de imediato se dirigiu até o local onde estava acontecendo os fatos, e pessoalmente de forma firme e imparcial, baseado na LEI, fez com que minha noiva tivesse o atendimento que lhe era devido e que era de direito, pois como dito ela era Associada da SAMCIL, hoje devido ao absurdo acontecido Graças à Deus não é mais.

Seria, muito bom, se todas ás pessoas, que passam no seu dia á dia, por situações como á que minha noiva passou, pudessem ter a mesma assessoria e defesa que ela teve, através da ANDECON, com o acompanhamento pessoal do seu Presidente, tenho certeza que o Respeito aos Direitos do Consumidor, sairia da TEORIA e passaria à ser vivenciado na PRÁTICA.

EVALDO JERÔNIMO NETO

São Paulo, 31 de Outubro de 2009.

Meu, nome é ELIANA DA SILVA, agradeço ao Sr. Rodinei Lafaete de Jesus , Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que através da sua intervenção, resolveu o problema que eu estava tendo com a SORRIDENTS.

Eu, contratei os serviços da SORRIDENTS, para fazer o tratamento dentário de minha filha, só que antes de assinar o Contrato de Adesão, pedi para levar o mesmo, para meu marido ler e conferir se estava tudo certo, para então só depois assinar.

Ocorre, que a SORRIDENTS, da Rua Conselheiro Crispiniano nº 68, no Centro de São Paulo, se recusou, dizendo que o Contrato de Adesão, não poderia sair da empresa e que eu deveria fazer a leitura do mesmo ali e depois assina-lo também no local.

Denunciei, o fato à ANDECON, que interveio no assunto, através do seu Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, que pessoalmente no dia 30 de Outubro de 2009, acompanhou meu marido, até a SORRIDENTS, onde foi entregue uma cópia do Contrato de Adesão, para que nós possamos ler e analisar o mesmo.

ELIANA DA SILVA

São Paulo, 26 de Outubro de 2009.

Meu, nome é ANTONIO CARLOS CÂNDIDO, agradeço ao Sr. Rodinei Lafaete de Jesus , Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, pois graças a sua intervenção, consegui reaver os cheques pré datados que tinha dado como pagamento, na compra de um guarda roupa feito por encomenda, que acabaram fazendo fora da medida certa, que com certeza viria á me causar problemas quando da sua instalação.

A, loja de móveis, onde realizei o negócio, se me consultar, acabou repassando todos cheques que eu havia dado na compra do Guarda Roupa, para uma empresa do Rio de Janeiro, ai passaram á ficar me enrolando para me devolver os mesmos.

Não, pensei duas vezes, procurei a ANDECON, que através do seu Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, me acompanhou pessoalmente até loja de móveis, onde consegui me desfazer do negócio da compra do guarda roupa e reaver todos os meus cheques.

ANTONIO CARLOS CÂNDIDO

São Paulo, 20 de Outubro de 2009.

Meu, nome é RIVALDO DE CASTRO BALA, comprei uma Máquina de Cortar Cabelo em uma Loja, no Conjunto Habitacional José Bonifácio, Bairro Itaquera, São Paulo, a mesma com pouco dias de uso, começou á apresentar defeitos, fui até o local onde havia comprado a mesma, ai o proprietário da Loja, me disse que não iria trocar a máquina e nem me devolver o dinheiro, e que eu fosse procurar meus direitos.

Achei, tudo isso um absurdo, fiquei muito indignado com o acontecido, ai decidi procurar a ANDECON - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que fica na mesma região onde aconteceu o fato, onde fui atendido pelo SR. RODINEI LAFAETE, que de imediato se prontificou à resolver o problema, acompanhando pessoalmente minha esposa até a loja, onde comprei a Máquina de Cortar Cabelo, onde conversando pessoalmente com o proprietário da loja, conseguiu fazer com que o dinheiro que eu paguei na compra da máquina, me fosse devolvido.

Que, bom seria, se existisse uma ANDECON, em cada esquina deste Pais, quem sabe assim, as Empresas fornecedoras de Produtos e Serviços, entenderiam de uma vez por todas, que ás LEIS existem para serem cumpridas e os DIREITOS DOS CONSUMIDORES, para serem Respeitados.

RIVALDO DE CASTRO BALA

São Paulo, 05 de Outubro de 2009.

A ANDECON e o SR.RODINEI LAFAETE DE JESUS representam a Ordem e o Cumprimento das Leis Brasileiras.

Em Outubro de 2006, o conjunto residencial Fascinação II contou com a seriedade deste senhor, que intermediou, trazendo-nos à TV BANDEIRANTES, para que a ELETROPAULO honrasse com o compromisso de iluminar a rua onde se localiza o condomínio.

Pagávamos a iluminação, mas não a tínhamos. Uma semana após a denúncia, nossa rua foi iluminada.

Obrigada SR. RODINEI, por representar a seriedade deste Estado!

REGINA ZUIM / reluz1@gmail.com

São Paulo, 19 de Setembro de 2009

A ANDECON, e o Sr.RODINEI LAFAETE DE JESUS representam a Ordem e o Cumprimento das Leis Brasileiras.

Em Janeiro de 2007, o conjunto residencial Fascinação II contou com a seriedade deste senhor, que intermediou, fazendo com que a TELEFONICA instalasse um orelhão no condomínio, haja vista a necessidade dos 180 apartamentos que o compõem.

Segundo, a empresa de telefonia, existiam orelhões próximos,assim entendiam que os 180 moradores não tinham necessidade de mais um orelhão por perto.

Obrigada SR. RODINEI, por representar a seriedade deste Estado!

REGINA ZUIM / reluz1@gmail.com

São Paulo, 19 de Setembro de 2009

Meu, nome é MÁRIO BENTO DE FIGUEIREDO, tive problemas com o “Cartão de Crédito do Itaú”, referente á cobrança de valores cobrado à mais, pois havia feito um acordo de parcelamento da divida total que tinha junto à Administradora de Cartões do BANCO ITAÚ, mas o valor que vinha nas faturas, estavam á mais do que o correto, havia cobrança á mais de juros.

Por, várias vezes, tentei resolver junto ao BANCO ITAÚ, mas infelizmente não obtive êxito, mas felizmente, descobri a existência da ANDECON- ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que após a intervenção pessoal do seu Presidente, junto á Superintendência do Banco Itaú, consegui de maneira rápida e eficaz, resolver meu problema.

Agradeço, ao SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por ter me ajudado a resolver este problema, que DEUS o abençoe sempre, e que todos as pessoas que estiverem sendo lesadas nos seus Direitos de Consumidor, possam ter a sorte que eu tive, de descobrir uma Entidade tão séria como essa, compromissada única e exclusivamente com a Defesa e o Esclarecimento dos Direitos dos Consumidores.

MÁRIO BENTO DE FIGUEIREDO

São Paulo, 03 de Novembro de 2009.

Meu, nome é LIGIA MINARO, tive problemas com o meu SITE, junto à empresa que fazia a administração do mesmo, que sem me avisar retirou o mesmo do ar, me causando constrangimento e prejuízos.

Por diversas vezes, tentei resolver o problema, com a empresa Administradora do SITE, mas infelizmente, não consegui a solução para o problema.

Mas ai, Graças á intervenção, do Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, obtive êxito na solução do referido problema.

Assim, agradeço de coração, ao SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por ter me ajudado, muito obrigado e que DEUS, lhe de muita saúde, para continuar á defender ás pessoas, que são desrespeitadas nos seus Direitos de Consumidor, ás defendendo da mesma forma que me defendeu.

LIGIA MINARO / fatopaulista@hotmail.com

São Paulo, 17 de Março de 2009.

Meu, nome é LUCINETE SOUZA AMARAL, eu fiz matricula na FACULDADE PIRATININGA, então localizada na Rua da Consolação, na Cidade de São Paulo, vindo á descobrir logo em seguida, que a mesma, não estava devidamente regularizada perante ao Ministério da Educação (MEC), ai tentei reaver de volta o dinheiro que havia pago pela matricula, mas a Faculdade, não quis me devolver.

Procurei, a ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAl DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que através do seu Presidente, interveio no assunto, me acompanhando pessoalmente até a FACULDADE PIRATININGA, onde com a presença do mesmo, consegui obter de volta o dinheiro que havia pago pela inscrição, inclusive a referida Universidade, após a constatação de várias irregularidade ora denunciadas pela ANDECON, acabou sendo fechada pelo (MEC).

Muitíssimo obrigada, á ANDECON e ao seu Presidente, SR. RODINEI LAFAETE DE JESUS, por ter me ajudado, pois caso contrário, eu não iria conseguir receber jamais o meu dinheiro de volta, devido ao fechamento da FACULDADE PIRATININGA.

LUCINETE SOUZA AMARAL

São Paulo, 27 de Outubro de 2008.

Meu, nome, é LUIZ MÁRIO DA SILVA ROMERO, tive problemas com o financiamento do meu carro, junto ao Banco do Brasil.

Tentei, resolver de várias formas, mas não obtive êxito, ai recorri ao SR. RODINEI LAFAETE DE JESUS, Presidente da ANDECON – Associação Nacional de Defesa do Consumidor, que com muito empenho e competência, resolveu o problema que eu estava tendo com o Financiamento do meu Carro.

Posto isto, quero aqui agradecer de coração, ao SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por ter me ajudado, que Deus, o abençoe sempre, para que possa continuar defendo à todos os Consumidores que o procuram, assim como defendeu.

LUIZ MÁRIO DA SILVA ROMERO

São Paulo, 07 de Agosto de 2008.

Meu, nome é LUCIANE CREPALDI, em 05/07/2004, firmei Contrato de Compromisso de Compra e Venda, com a TENDA CONSTRUTORA, para aquisição de um apartamento no Condomínio Residencial Pedra Bela, Município de Suzano, São Paulo.

Ocorre, que na época, todas ás vezes que fazia contato com a TENDA CONSTRUTORA, para cobrar a entrega do meu apartamento, eles sempre me davam uma desculpa, estabelecendo uma outra data para a entrega do imóvel, ai chegava a data mercada, e vinha tudo de novo a mesma enganação.

Graças, à intermediação, do Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, SR. RODINEI LAFAETE DE JESUS, consegui resolver este terrível problema que estava tendo com esta Construtora, pois antes já havia tentado resolver várias vezes, mas sempre a TENDA, arrumava uma desculpa e não resolvia o problema, ou seja, não me devolvia a quantia que eu havia pago pela compra do imóvel, assim recebi todo o valor, que eu havia pago pela compra do apartamento, cumprindo informar que a quantia não era pouca.

Desta forma, quero aqui formalmente e publicamente, agradecer de coração, ao SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por ter me ajudado a resolver este problema, que eu estava tendo com esta Construtora, Graças á DEUS, hoje não tenho mais este peso nas costas.

Muito Obrigado, SR. RODINEI LAFAETE DE JESUS, que DEUS, o abençoe sempre, que lhe de muita saúde e forças, para continuar como Presidente da ANDECON, defendo os Direitos dos Consumidores, da mesma forma que me defendeu, ou seja, com muito empenho e competência.

LUCIANE CREPALDI / lf.crepaldi@uol.com.br

São Paulo, 28 de Setembro de 2008.

Meu, nome é SUELI VENÂNCIO DOS SANTOS, agradeço ao Sr. Rodinei Lafaete de Jesus , Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que através da sua intervenção, resolveu o difícil problema que eu estava tendo com a GTI COMPUTADORES, ora localizada na Rua Apucarana, no Bairro do Tatuapé, São Paulo, Capital.

Eu, comprei um computador nesta empresa, que logo em seguida começou á dar problemas, ai fui até a loja para tentar fazer a troca, não aceitaram, alegando que a garantia já havia acabado.

Fui, até a ANDECON, que através da intervenção pessoal do seu Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, entrou em contato com o Advogado da GTI COMPUTADORES, conseguindo fazer com que o computador fosse devolvido, bem como também eu viesse à receber de volta, toda a quantia paga pelo mesmo, cumprindo ressaltar também, que a referida empresa, de tanto lesar os consumidores, acabou encerrando suas atividades comerciais.

SUELI VENÂNCIO DOS SANTOS

São Paulo, 02 de Junho de 2008.

Meu, nome é JOÃO GILBERTO PINTO, comprei um Jogo de Sofá, nas Casas Bahia, faltando 06 (seis) dias para o final do prazo da garantia, fui fazer a reclamação para troca do sofá, pois o mesmo vinha afundando o encosto e o pé quebrou, ao ser feita a troca foi trocado pelo mesmo modelo, ai os mesmos defeitos começaram á aparecer de novo.

Voltei, na Lojas dás Casas Bahia, novamente para reclamar, mas ai o Gerente falou que não poderia mais fazer a troca, pois segundo ele, eu havia perdido a garantia do sofá que eu tinha trocado.

Entrei, em contato com a ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, e graças á intervenção do seu Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, consegui efetuar a troca do sofá, por um outro modelo de melhor qualidade, pagando a diferença do preço.

Agradeço, muito á ANDECON, e ao SR. RODINEI LAFAETE, por terem me ajudado à resolver este problema com ás Casas Bahia.

JOÃO GILBERTO PINTO

São Paulo, 11 de Maio de 2008.

Meu, nome é EDILEUZA FRANCISCA ALVES, eu tive problemas com a Escola de Informática, POLLY EXCEL, localizada na rua Ken Sugaya nº 45, Bairro Itaquera, São Paulo, Capital.

A, referida escola de informática, ligou para minha casa, dizendo que meu filho havia ganhado uma bolsa de estudos, que ele precisaria apenas pagar uma taxa de R$10,00, para começar à fazer o curso.

Ocorre, que quando fui pessoalmente com ele até a escola, acabei descobrindo que não era apenas o pagamento dos R$10,00, que daria o direito de meu filho fazer o curso, e sim muito mais, mas ai fui tão assediada e induzida, que acabei assinando um contrato e uma promissórias no valor de R$360,00.

No, outro dia, voltei para desfazer o negócio, me disseram que eu para tanto, deveria arcar com o pagamento de uma multa no valor de R$700,00 (setecentos reais), fiquei desesperada, pois não tinha condições de jamais pagar esta multa.

Procurei, a ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que interveio no assunto e Graças á Deus, consegui desfazer o negócio, ou seja, a rescisão do contrato, sem ter que pagar nenhuma multa, bem como também, resgatei a promissória que havia assinado no valor de R$360,00.

EDILEUZA FRANCISCA ALVES

São Paulo, 25 de Abril de 2008.

Meu, nome é ÊNIO DE GÓES, venho por meio desta, agradecer à ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que através da intervenção do seu Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, conseguiu fazer com que o BANCO DO BRASIL, localizado na Rua 24 de Maio, no Centro da Cidade de São Paulo, passasse á atender pessoas que não eram clientes do Banco.

Eu, fui, efetuar o pagamento da minha conta de telefone, na referida Agência Bancária, quando a atendente que fica no auto atendimento, me perguntou se eu era cliente, eu disse que não, ai ela me disse que o Banco, só atendia para pagamento de contas quem era correntista, e que eu teria que pagar minha conta em qualquer Casa Lotérica.

Fique, indignado, com tal procedimento do Banco, ai resolvi procurar pela ANDECON, que de imediato, através do seu Presidente, se dirigiu pessoalmente até o BANCO DO BRASIL, da Rua 24 de Maio, levando consigo a imprensa, ou seja, REDE TV, que constatou a prática do banco, fazendo uma reportagem sobre o assunto.

Depois disto, o BANCO DO BRASIL, passou a não mais exigir, que as pessoas para serem atendidas no mesmo, deveriam ser seus clientes, ou seja, agora não há mais distinção entre Clientes e não Clientes.

ÊNIO DE GÓES

São Paulo, 17 de Janeiro de 2008.

Meu, nome é RENATA COLPAERT CORREIA, agradeço ao Sr. Rodinei Lafaete de Jesus , Presidente da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que através da sua intervenção, conseguiu resolver o problema que eu estava tendo junto a Empresa fornecedora do TONNER, para a Copiadora da minha empresa CLICK DESIGNER .

Antes, havia, tentado resolver o problema de várias maneiras junto a empresa, fazendo a troca do TONNER fornecido pela mesma, por diversas vezes, mas mesmo assim, o produto continuava vindo com o mesmo problema de qualidade, o que já estava me causando prejuízos e constrangimentos.

RENATA COLPAERT CORREIA / clickdesigner@gmail.com

São Paulo, 08 de Outubro de 2008.

Meu, nome, é WAGNER RICARDO DE SOUZA, tive um problema, com o GUIA MAIS, onde por diversas vezes, tentei junto à Empresa, uma solução para o caso, mas não consegui obter sucesso.

Desta feita, procurei, pelo SR. RODINEI LAFAETE DE JESUS, Presidente da ANDECON – Associação Nacional de Defesa do Consumidor, que de pronto, com muito garra e competência, resolveu o meu problema.

Muito, obrigado, SR. RODINEI LAFAETE, por ter me ajudado, que DEUS, o abençoe sempre, para que à frente da Presidência da ANDECON, continue defendo à todos que o procuram, assim como um dia me defendeu.

WAGNER RICARDO DE SOUZA / w2f@ig.com.br

São Paulo, 08 de Outubro de 2008.

Meu, nome é ANTONIO DE JESUS SANTOS, precisei fazer uma “Cirurgia para retirada de Pedra na Vesícula”, quando iniciei os procedimentos, junto ao meu Plano de Saúde, (DIX AMICO), para obter a autorização para a realização da referida cirurgia, o mesmo se recusou á autorizar, alegando que ás “ Pedras nos Rins”, que eu tinha, era devido ser portador de DOENÇA PRÉ-EXISTENTE, que quando da assinatura do Contrato de Adesão, para me filiar ao citado Plano de Saúde, eu omiti esta informação.

Um absurdo, pois nunca havia tido qualquer tipo de problema, que pudesse me levar à crer, que eu tinha PEDRAS NOS RINS, mas como sempre, quase todos os Planos de Saúde, sempre quando seus Associados, mais estão necessitando de algum tipo de prestação de serviços dos mesmos, eles acabam criando algum tipo de impedimento, para justificar a negativa de atendimento ou a não concessão de autorização para realização de exames ou cirurgias.

Mas, Graças à DEUS, através da intermediação, do Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, Presidente da ANDECON - Associação Nacional de Defesa do Consumidor, consegui resolver este terrível problema, que me causou muita dor de cabeça e constrangimento.

Assim, com a devida e precisa, Orientação do SR.RODINEI LAFAETE, entrei com uma “Ação de Obrigação de Fazer”, com Pedido de Liminar, no JUIZADO ESPECIAL de ITAQUERA, onde em 21 de Junho de 2007, o Juiz de Direito, julgou procedente o meu pedido, “determinando que a DIX AMICO, fosse obrigada á realizar todos os procedimentos necessários para a realização da CIRURGIA DE RETIRADA DA PEDRA NA VESICULA, sem me cobrar nenhum valor por isto”.

Desta forma, agradeço de coração, ao SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por ter me ajudado a resolver este problema, que DEUS, o abençoe sempre, que você tenha muita saúde e forças, para continuar defendendo ás pessoas, da forma como me defendeu.

ANTONIO DE JESUS SANTOS / antonioleste5@hotmail.com

São Paulo, 21 de Junho de 2007.

Meu, nome, é DAMACY SOARES DA SILVA, precisei fazer uma Cirurgia, sem qualquer explicação razoável, o meu PLANO DE SAÚDE SAMCIL, não liberou a Guia de Autorização para que eu pudesse realizar a Cirurgia.

Por, várias vezes, tentei resolver este absurdo, mas não consegui obter êxito, ai Graças à DEUS, cheguei até o, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, Presidente da ANDECON - Associação Nacional de Defesa do Consumidor, que através da sua Orientação precisa, entrei com uma “Ação de Obrigação de Fazer”, com Pedido de Liminar, no JUIZADO ESPECIAL de ITAQUERA, onde o Juiz de Direito, julgou procedente o meu pedido, determinando que a SAMCIL, fosse obrigada em (48 horas), à liberar ás guias para a autorização da cirurgia, bem como também, à me ressarcir por os DANOS MORAIS que me causaram.

Assim, não poderia, deixar de prestar aqui, o meu depoimento, agradecendo de coração, ao SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por toda ajuda que me deu, que DEUS, o abençoe sempre, para que possa continuar defendendo às pessoas, da mesma forma que me defendeu.

DAMACY SOARES DA SILVA

São Paulo, 09 de Novembro de 2007.

Meu, nome é ÉRIKA ANTONIA DE ALMEIDA, mesmo com o pagamento do meu Condomínio em dia, não concordei com o pagamento de uma taxa extra, destinada à construção de uma Quadra de Futebol, tive a água do meu apartamento cortada, ficando sem a mesma, eu e meus filhos, durante 12 dias, tendo sido obrigada, á de ter que pedir água nos visinhos, para suprir ás necessidades básicas, ou seja, tomar banho, fazer comida,lavar roupa, etc.

Graças, à intervenção, do Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, Presidente da ANDECON - Associação Nacional de Defesa do Consumidor, consegui resolver esta situação, que me causou muitos problemas e constrangimento.

Com, a Orientação, do SR.RODINEI LAFAETE, entrei com uma “Ação de Obrigação de Fazer”, com Pedido de Liminar, no JUIZADO ESPECIAL de ITAQUERA, onde o Juiz de Direito, julgou procedente o meu pedido, determinando o restabelecimento do fornecimento de água , bem como ainda, Condenou o CODOMINIO, à me pagar uma “Indenização por Danos Morais”.

Muito obrigado, SR. RODINEI LAFAETE, Presidente da ANDECON, por ter me ajudado a resolver este problema, que tenha muita saúde, para continuar ajudando às pessoas que são lesadas, à brigar pelos seus direitos.

ÉRIKA ANTONIA DE ALMEIDA

São Paulo, 19 de Abril de 2007.

Meu, nome é OSVALDO VITORINO, comprei uma Máquina de Lavar Roupa, nas Casas Bahia, com poucos dias de uso a mesma começou a apresentar problemas, ai fui até a Loja onde comprei, o Gerente disse que eu tinha que procurar a Assistência Técnica.

A, Assistência Técnica, foi até minha residência, arrumava a máquina, mas logo em seguida o problema voltava, ao fui até a loja novamente, para pedir a troca da Máquina de Lavar, por uma outra nova, o Gerente me disse, que não seria possível, há não ser que eu comprasse uma nova.

Procurei, a ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, e graças á intervenção do seu Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus, consegui resolver este problema, ou seja, retornei novamente á Loja dás Casas Bahia, e o Gerente que antes não queria fazer a troca, sem nenhum questionamento fez a troca da Máquina por uma nova.

Agradeço, de coração, á ANDECON, e peço á DEUS, que abençoe sempre o seu Presidente, SR. Rodinei Lafaete de Jesus, para que ele continue sempre com muita saúde, Defendendo os Direitos dos Consumidores.

OSVALDO VITORINO

São Paulo, 26 de Dezembro de 2007.

Meu, nome é MARIA DE LOURDES MONTEIRO QUÉRCIA, agradeço a ajuda da ANDECON – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que com o seu Presidente, Sr. Rodinei Lafaete de Jesus”, interviu junto à SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE, fazendo que a mesma, através do “Pólo de Atendimento ao Paciente Diabético”, passasse á me fornecer toda a medicação necessária para o controle e tratamento da DIABÉTIS.

Antes, já havia tentando, de várias maneiras, conseguir o fornecimento dos medicamentos necessários para o controle e tratamento de DIABÉTIS, mas não consegui obter êxito, mas GRAÇAS Á DEUS, tive a oportunidade de conhecer a ANDECON, e através do seu Presidente, obter esta importante vitória.

MARIA DE LOURDES MONTEIRO QUÉRCIA

São Paulo, 05 de Janeiro de 2006.

Meu, nome é JOSÉ EDUARDO ARRUDA, minha residência, foi invadida por água, devido ao rompimento de uma Adutora da SABESP, na rua onde se encontra minha casa, perdi todos os meus móveis, não sobrou quase nada, apenas algumas peças de roupas e alguns pertences pessoais.

Quando, do processo de avaliação das perdas materiais que tive, em razão da invasão da água da adutora em minha casa, a (SABESP), Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, quis me enrolar, no sentindo que querer avaliar o custo dos meus móveis, por um valor bem abaixo do mercado, e ainda por cima, não me davam uma data exata de quando iriam começar á restaurar todo o estrago causado pela imensa vazão de água que invadiu toda minha casa, causando imensos estragos.

Mas, ai resolvi procurar pela, ANDECON – ASSOSSIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR, que através do seu Presidente, intermediou pessoalmente junto á Diretoria Administrativa da SABESP, um acordo no sentido do valor da avaliação dos valores dos móveis á serem ressarcidos, bem como também do custo da restauração do imóvel.

Enfim, a SABESP, me pagou o valor que ela entendeu, ter sido o justo pelos prejuízos materiais que tive, mas, os constrangimentos, os danos morais que sofri, entrei na JUSTIÇA, para receber.

JOSÉ EDUARDO ARRUDA

São Paulo, 23 de Abril de 2005.

Contate-nos: (11) 3476-8010